As bolachas e biscoitos fazem parte do dia a dia das famílias brasileiras e são ótimas para um café da manhã ou matar aquela fome no meio da tarde. Para comemorar o Dia do Biscoito, em 20 de julho, a Estrela, marca de massas e biscoitos, dá algumas dicas de como conservá-los por mais tempo e evitar desperdícios. Manter os alimentos em boas condições de preservação é essencial para que eles tenham a  qualidade, sabor e frescor preservados. É importante deixar a despensa sempre seca, ventilada, protegida do sol, limpa e sem produtos vencidos. Além disso, é importante guardar os biscoitos e bolachas na parte que fica próxima à visão de nossos olhos e longe dos produtos de higiene e limpeza, pois há itens em sua composição que podem afetar a segurança dos alimentos que serão consumidos. Confira abaixo as cinco dicas e separe um tempinho do dia para deixar tudo no lugar certo! Limpe a despensa: esvazie o espaço, descarte os produtos vencidos, embalagens vazias e passe um pano úmido nas prateleiras usando uma mistura de cravo da índia com vinagre de álcool. Essa mistura ajuda a eliminar cheiros indesejáveis e a afastar insetos; Separe os alimentos e organize o local: assim que a despensa estiver limpa, agrupe os alimentos em categorias. Por exemplo: farinha de trigo, cereais matinais, biscoitos doces e salgados, arroz, feijão, massa, condimentos e temperos, caixas de leite, garrafas de suco e água. De acordo com cada categoria, distribua-os nas prateleiras disponíveis colocando os itens mais pesados em níveis mais baixos e alimentos mais leves em níveis mais altos; Armazene da forma correta: os alimentos que já estão abertos (como os biscoitos) devem ser tirados da embalagem original e colocados em potes de plástico ou vidro transparente bem fechado. No caso dos biscoitos, é importante não misturar os sabores ou os tipos para não haver interferência no paladar. A maioria dos alimentos se conserva por bastante tempo se respeitado o armazenamento correto em ambiente seco, fresco, sob a proteção do sol e longe de insetos e roedores; Coloque etiquetas: já que as embalagens originais dos biscoitos e outros tipos de alimentos serão jogadas fora, é importante identificar os potes em que foram colocados com uma etiqueta contendo o prazo de validade que constava na embalagem original. Afinal segurança é tudo! Os biscoitos, geralmente, são consumidos com mais frequência e, por isso, devem ser enfileirados mais à frente para facilitar o acesso. A mesma regra vale para os produtos próximos ao vencimento. Eles devem ser dispostos mais à frente para utilizá-los o quanto antes; Aproveite bem os alimentos: com o local de armazenamento organizado, tudo fica mais fácil e evitamos o desperdício. Ponto importante: caso tenha muitas bolachas salgadas sobrando, triture no liquidificador e use para empanar frango. E se tiver muitas bolachas doces sem recheio sobrando, use-as para fazer tortas ou pavês.