Originária do Oriente Médio, estima-se que existem mais de 40 variedades de tâmaras. A fruta nasce em palmeiras que podem atingir até 20 metros de altura e na antiguidade eram sinônimo de riqueza. São comercializadas ao redor do mundo na versão desidratada, quando possuem uma cor amarelada ou amarronzada, com um brilho caramelizado e textura mais macia e carnuda.

Características relativas à quantidade de água da fruta, a mesma varia de acordo com o grau de maturação. Por isso, as tâmaras são classificadas em tipos diferentes: “as frutas frescas costumam apresentar teor de umidade acima de 30%. Diferente das tâmaras secas, que, em média, têm a umidade máxima de 26%”, explica Fernanda Manfredini, analista de pesquisa e desenvolvimento da La Violetera.

Dentre as variedades, a tâmara Deglet é conhecida como a “rainha das tâmaras” por sua coloração parecida com o mel e excelente textura. O fruto é importado da Tunísia pela La Violetera, importadora paranaense com 90 anos de história. Apesar de pequena, a fruta é uma ótima opção para quem costuma praticar exercícios, pois fornece muita energia. Além disso, é rica em vitaminas e minerais, característica que melhora a saúde digestiva e fortalece os ossos, entre outros benefícios para a saúde. Destacam-se também pelo alto teor de fibras, que colaboram com a saúde intestinal.

Confira mais sobre como a tâmara – que pode ser encontrada no site da La Violetera – pode fazer parte da sua alimentação de forma saudável:

Fonte de energia

Se você tem o costume de praticar exercícios físicos, a tâmara pode ser uma saída para repor energia rapidamente, desde que seja consumida moderadamente. “Com alto valor energético, uma porção de 50g da fruta possui 43g de carboidratos”, afirma Fernanda.

Rica em nutrientes e fibras

“A fruta vai muito além de uma textura macia e o sabor particular. É também fonte de fibras, sendo que 50g de tâmaras possuem 3,8g de fibras”, ressalta a especialista. Por isso, o consumo favorece a saúde da microbiota intestinal, quando aliada ao consumo de água.

Substituto do açúcar em receitas

Com um sabor adocicado natural, a tâmara pode funcionar como um adoçante natural e pode ser um substituto mais saudável do açúcar. Um exemplo é uma pasta à base de tâmara e água, que pode servir como recheio para brownies, bolos, tortas ou pudins.

Tâmara fresca x Tâmara seca

A tâmara pode ser consumida tanto fresca quanto seca, mas existem algumas diferenças. A fruta natural adquire uma coloração mais escurecida e perde um pouco a textura fibrosa, mas ficam agradáveis ao paladar. A seca também continua com o sabor, mas sem perder vitaminas e minerais importantes, além de uma quantidade significativa de fibras.

“A principal diferença está no processo de desidratação da tâmara seca, que permite conservar as tâmaras por mais tempo”, completa.

Versatilidade em receitas doces e salgadas

Apesar da característica adocicada, as tâmaras podem compor uma infinidade de pratos doces e salgados. Podem ser usadas em saladas, oferecendo um contraponto adocicado, da mesma forma podem ser usadas em massas em risotos, pois ficam muito bem balanceando queijos fortes. Por fim são incríveis opções para sobremesas já que oferecem açúcar da própria fruta. Uma dica é acrescentar uma ou duas tâmaras nas receitas de smoothies (frutas batidas).