woman eats sweets at night to sneak in a refrigerator

Geralmente na madrugada, algumas pessoas “assaltam” a geladeira para saciar a fome, em alguns casos, desviam da dieta e ingerem alimentos gordurosos. Segundo a médica Márcia Simões, da Eden Clinic, em Curitiba, alerta para o horário correto, “O ideal é comer a última vez duas horas antes de ir dormir e a noite sempre uma alimentação mais leve é indicada com carnes e saladas”, ou seja, não é indicado comer e dormir, mas esperar, além de ingerir alimentos leves a noite.

De acordo com a médica, para quem busca emagrecer e mesmo assim, quer ingerir alimentos no período da noturno, “a noite para quem busca o emagrecimento o ideal é comer sempre “comida de verdade” como saladas, principalmente de folhas verdes, legumes, carnes e/ou ovos”, e alerta para alimentos que devem ser evitados, “o ideal é evitar carboidratos como arroz, feijão, macarrão, lasanha dentre outros e também os doces no geral, esses alimentos são muito calóricos e não haverá tempo para queimar aquelas calorias, pois em seguida já irá dormir e as calorias ingeridas acabam virando tecido de reserva (as gordurinhas) que nos incomodam tanto”, isto é, alimentos saudáveis são sempre melhores depois das 18h.

Para a médica, “a comida saudável é a melhor alternativa traz mais saciedade e nutrição para o corpo, lanchinhos costumam conter alimentos com calorias “vazias” (não nutritivas)”, entretanto, ressalta o valor do jejum com a saúde, “o jejum é uma excelente opção para quem está em busca de saúde e perda de peso, ele melhora níveis de insulina e glicemia no corpo, diminui gordura visceral e gordura no fígado (esteatose hepática)”, ou seja, conforme o objetivo proposto encaixará melhor na situação. Assim a médica alerta para o acompanhamento profissional, “o ideal é procurar sempre uma orientação antes de inicia-lo para saber se esta é a melhor opção para você no momento”, isto é, sem o acompanhamento especializado é contraindicado.

Com isso, a médica elenca outros que devem ser evitados, por exemplo:

·         Frituras,

·         Doces,

·         Salgadinhos,

·         Bolachas,

·         Refrigerantes,

·         Fast food.

Fonte: assessoria de imprensa